Fux dá aval para reajuste salarial de 5% a servidores do Judiciário em 2022

Impacto total estimado para as contas públicas é estimado em R$ 828 milhões; categorias demonstraram insatisfação


Créditos da foto: Nelson Jr./SCO/STF

O presidente do Supremo Tribunal Federal (STF)Luiz Fux, enviou nesta quarta, 11, ofício ao Ministério da Casa Civil no qual dá aval para um reajuste salarial de 5% aos servidores do Poder Judiciário federal. De acordo com o documento, o impacto fiscal do aumento linear ficaria em R$ 828 milhões em 2022, a partir do mês de julho. A Justiça do Trabalho concentraria a maior parte do gasto extra, com R$ 326 milhões; a Justiça Federal ficaria com R$ 279 milhões, e a Justiça Eleitoral, R$ 121 milhões. “Por oportuno, registro que, conforme indicado pela equipe técnica da Casa Civil, os recursos referentes ao impacto decorrente da aplicação do percentual de 5% sobre a folha de pagamento de inativos e pensionistas serão ofertados pelo próprio Poder Executivo, com base na ampliação de teto decorrente da Emenda Constitucional n. 114, publicada em 17 de dezembro de 2021”, disse Fux, relembrando a Proposta de Emenda Constitucional que permitiu superar o teto de gastos no orçamento do governo para 2022. O reajuste de 5% está em linha com o oferecido pelo Executivo aos seus servidores – contudo, a proposta não foi bem aceita pelas categorias, gerando insatisfação e greves como a dos funcionários do Banco Central.

Autor da matéria: Evidenciador
Fonte: Pâmela Pires | Jovem Pan

Últimas matérias