fbpx

Pet sitter: a profissão que muda a qualidade de vida de animais e tutores

Pet sitter: a profissão que muda a qualidade de vida de animais e tutores

Você já ouviu falar do termo “pet sitter”? Ele é novo para muitas pessoas, mas tem conquistado espaço na vida de donos de pet. O termo em inglês significa “babá de pet”, ou seja, é a profissão de quem cuida do seu filho de quatro patas em momento de ausência. E mesmo que você ainda

Você já ouviu falar do termo “pet sitter”? Ele é novo para muitas pessoas, mas tem conquistado espaço na vida de donos de pet. O termo em inglês significa “babá de pet”, ou seja, é a profissão de quem cuida do seu filho de quatro patas em momento de ausência.

E mesmo que você ainda não tenha ouvido falar sobre, esse profissional pode estar mais perto do que você imagina. Em Osvaldo Cruz esse trabalho já tem sido oferecido por uma pessoa apaixonada por animais, o Lucas Aparecido.

Lucas, tem 27 anos, e se deparou com a necessidade de trabalhar e não hesitou em colocar em prática o que ele mais ama e sabe fazer: cuidar dos animais!

Após deixar o seu antigo emprego, onde já cuidada de animais, a ideia surgiu e ele foi realizar pesquisas e assistir vídeos para se aprofundar ainda mais na profissão.

Mas o que faz um pet sitter? Ele é realmente como uma baba, mas como cuida de animais, as tarefas são: lavar tigelas, dar comida água fresca e comida, preparar alimentos, limpar o local das necessidades fazendo descarte e higienização correta, trocar curativos e afins e, por fim, fazer companhia, brincar e distrair os animais.

O que para muitos é um trabalho, para ele nada mais é do que uma rotina diária, aliás, cuidar de 8 gatinhos e 1 cachorro é uma função e tanto. A história dele com animais não nasceu ontem, desde 2012 ele faz trabalho voluntário para ONGs protetoras de animais.

Ele conta que muitos resgates já foram realizados e sua casa é lar temporário sempre que preciso.

O pet sitter precisar passar confiança tanto para o dono, como para o animal, e por isso quem escolhe essa profissão precisar ter o dom.

“Se eu não gostasse de animal, eu teria a carteira cheia e teria as roupas limpas, mas como eu gosto de animal as minhas roupas sempre estão cheias de pelo e a minha carteira quase vazia. Porque eu prefiro o animal de bucho cheio, do que minha carteira cheia e eles com fome”, conta o profissional.

Para contratar Lucas, entre em contato neste telefone 18 99658-8978. Ele atende à domicílio e irá cuidar com muito amor do seu pet!

Jaqueline Piva

1 comentário
Evidenciador
Evidenciador
ADMINISTRATOR
PERFIL

Deixe um comentário

Seu endereço de email não vai ser publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

1 Comentário

  • Avatar
    Fatima Canuto
    18 de fevereiro de 2021, 10:37 PM

    Lucas… obrigada por tudo que faz pela SalvaCão .. e principalmente pelo ALFREDINHO… vc cuidou dele por muitoooo tempo… com muito amor e paciência… mesmo sem levantar.. todas as vezes que chegávamos ele estava tido limpinho e cheiroso… fora o amor que vc dedicava a ele… muito da recuperação do Alfredinho foi graças a sua dedicação… como a tantos outros…, SUCESSO… feliz daquele que tiver um filho de quatro patas cuidado por você!!!

    REPLY

Últimas postagens